Realizamos eletrocardiograma e eletroencefalograma para identificar possíveis anormalidades no coração e no cérebro


O eletrocardiograma (ECG) mede a atividade elétrica do coração para identificar eventuais alterações neste órgão. Caso o ECG levante alguma suspeita, o paciente deverá se submeter a outros exames que possam confirmar ou não a existência de uma doença cardíaca.

Uma doença no coração, dependendo da função exercida, pode ser fatal para o trabalhador ou mesmo para terceiros, daí a sua importância. Esse exame pode ser indicado para todas as funções, especialmente para montadores, motoristas, mecânicos, gerentes e pessoas que lidam com altos níveis de cobrança e estresse no dia a dia de trabalho.

Já o eletroencefalograma (EEG) é um exame que registra a atividade elétrica do cérebro, a fim de detectar possíveis anormalidades neurológicas. Esse exame pode levantar suspeitas de Parkinson, por exemplo. Uma alteração motora no córtex cerebral prejudica as funções motoras do corpo e pode ser fatal em um trabalhador que trabalha em altura.

Na Medin, ambos os exames são feitos por ordem de chegada, dispensando agendamento prévio.

Medin Medicina